quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Discreta




A felicidade quase nem fala .
Gosta de silêncio.
Não atende  quase  ninguém.

Mas o coração bate  bate  bate ....

2 comentários:

Marcia David disse...

Sei como é isso. Silêncio e o abrigo da casa que guarda lembranças.. cheiros e sorrisos. Lindo!

MIRZE disse...

Belíssimo!

É verdade! Quem nesse mundo é doido em dizer que é feliz?

Até porque não sabem que são.

Beijos

Mirze