sábado, 26 de março de 2016

Sobremesa

tantos poemas lhe fiz
orações de amor
riscadas a giz e cor
o quanto a quis é  a  fatia
da torta atração
azeda
limão

Neusa Doretto

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Então


Estamos à deriva
Somos à toa e embora doa
O encanto acaba na pessoa
A paixão, essa cara de tacho
O sexo, esse relaxo
Eu amei, tu amastes, ela amara
E o amor tira uma da nossa cara
Neusa Doretto

terça-feira, 12 de maio de 2015



Deixou aquela
Cheia de viço
Preferiu a  mais   velha
Para o compromisso
De olhar todo dia
Que carece de voz baixa e poesia.

Neusa Doretto

Pra módequê ?

Pra quê ser mais feliz
me diz
pra entristecer depois ?
Bom é viver quietinha
nós duas
nós quatro ( tem a cachorra e o pato )
Enchendo o prato

Cada uma feliz com seu par, feliz de graça
porque  a vida passa alegre
porque é breve



sábado, 27 de dezembro de 2014

Delicadezas



Quando o amor for breve
seja leve
Os cortes pequenos
não doem menos
Contudo tome um café
No gole da ética
Adoce com um beijo
e
até