sábado, 25 de setembro de 2010

espiã

Comia com os olhos
admirava detalhes
Os olhares imorais e reles
que brotavam aguinha na pele
grudavam coxas e dedos
e fazia, fazia, fazia
e subia, variava, ora lua, ora estrelas : como gostava de vê-las!



Neusa Doretto

4 comentários:

Í.ta** disse...

comia com os olhos. achei o máximo, neusa!

que imagens teus versos propõem!

venha ao um-sentir e veja o que vc já leu da imagem que lá está :)

beijos!

Regina disse...

bom
muli
bom
o que vc faz
t
amo muli
rgchaves

apesardoceu disse...

bravo!!!

Mara faturi disse...

e quem não gostaria??
;))
Amo tua poesia minha sister!!!
me faz ver luas e estrelas ****** ))))