quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

O meio

















Como eu começo não sei, só sei que puxo um fio de lá de dentro e a coisa vem.
Nem sempre pensada.
 É o rítmo da caminhada.  Das pegadas que a vida faz.  
A entrada e  a saída,o começo e  o fim. O sentimento é o meio. 
A emoção é o meio.
Todos esses frissons de primeira grandeza fazem parte do meio:  afeto,lembrança e as grandes marcas da vida. 
Existem pessoas que entram pela porta principal da sua vida. Que você não esquece e nem quis esquecer porque só deram prazer e alegria .Eu tive uma pessoa assim. Única. Inesquecível.
Viver é a grande aventura. Definir o seu meio de vida é fundamental. Porque o meio é tudo. 
É o que você é depois que acorda até a hora de  dormir. O  meio , a largura da vida . O luxo emocional. 
A vitrine  da padaria onde estão expostos todos os seus sonhos. Com bastante coisas no meio. 




*imagem: xenia antunes

2 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Neusa, bonito e sábio o teu post.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

MIRZE disse...

LINDO!

Fiquei prosa e honrada. Sou a filha do meio e ninguém me dava atenção. Agora, sei que deve ter sido porque eu já estava para ser atendida aqui.

Belo, belo!

Mirze, a filha do meio!

Beijos NDORETTO!