domingo, 15 de janeiro de 2012

brega



Isso da vida:
Ida, volta e vinda
Tem chão ainda , recaídas.
Quantas coisas: casas , brasas; 
Quanto amor em tudo sempre , chororô e a dor de dente.
Te amei várias vezes num ano e seis meses, na balada profunda de uma mpb: poemas, lençóis e “ vou te ver” .

Um Longa metragem na segunda parte
quase no final feliz
Faltou um triz.




Vote em brega,compulsivamente no site da tribo:
http://www.livrodatribo.com.br/texto_votar.php
Eu agradeço,
beijos
Neusa







6 comentários:

Sílvia. Às vezes, Ana F. disse...

adorei! ganhou meu voto.

Dilmar Gomes disse...

Gostei da desconstrução do poema.
Um abraço. Tenhas uma linda semana.

Marcelo R. Rezende disse...

Gostoso demais, poesia das raras.

Kiro Menezes disse...

Lindos versos Neuza!

MIRZE disse...

Adorei essa "breguice" doida!

Pode contar com meu voto!

Beijos

Mirze

Jamile Gonçalves disse...

ai, como numa cancão de 'amor barato'. delicioso!
Lindo!
beijos