domingo, 27 de fevereiro de 2011

1a. sessão


Tem tempo que o amor está guardado.
De vez em quando eu tiro do coração pra tomar sol.
Dou uma lembrada. Acho que foi lindo. E guardo de novo.
Porque  amor  também acaba sendo assim como certas  coisas.Quase  intocáveis.
Ou vira tela de cinema. Você assisti, se emociona e vai embora.
Tem amor que não incomoda.Que não faz barulho.Nem ocupa espaço.
Aloja-se em qualquer canto da sua vida.

Tem amor que também é vagabundo
Tem cada amor estranho.

3 comentários:

Kiro Menezes disse...

E cada amor sortudo, que não sai do coração, nem das entranhas!!!

^_^•

Que lindo Neusa... Amei ♥

Zélia disse...

Tem amor que cansa também! Não vou mentir! kkkkk

Adorei a história do tirar o coração para tomar sol. Acho que o meu tá precisando de sol, muito sol!!! Hehehehe!

PS. Andei lendo o teu perfil. Parabéns pelo teu trabalho. Bjinho!

NDORETTO disse...

Verdade,Zélia,tem amor que cansa também...kkkkkkkkkk,,.....E eu adorei a sua presença aqui no meu blog. Leio sempre seus discursos no blog da Letícia Palmeira. "Curto pacas" seus comentários!

Voce á ariana também, né?

abraços,Neusa