quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Luxo

Se for atmosfera, tem que ser o ar da minha casa que vira balão a cada latido do meu cão.
Se for porta, deve ser delicada e resistente aos amores que vão. Para que não voltem de repente e me matem outra vez.
Se for memória , tem que ser valente. É dolorido esquecer qualquer coisa boa que tenha ido embora.
Se for amor, tem que me chamar de querida e me visitar com presentes.

Se for pra sempre, eu penso em você, mar aberto.

Um comentário:

Kiro Menezes disse...

Encantador!!! Nossa... Esse ar de maresia, com cheiro de amanhecer e carinhos de tarde... Deliciosamente encantador!


=D

Um beijo carinhoso...