quinta-feira, 25 de outubro de 2012

(sutil)


















O amor tem passado paralelo
suave e indolor
Um amigo solidário
nem frisson, nem torpor
Assim como quem nada fosse
nem
tivesse sido
pele que  arrepia ou abranda
ele  vai junto
como um  coração que senta e anda
sem tocar no  assunto...

Neusa Doretto

Um comentário:

Marcia David disse...

permissão para publicar uma poesia sua no meu blog...? grata. por favor mande mensagem: marciadavidpoeta@gmail.com