quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A isensata

Uma
Outra
paixão lesa
E
descabela
Pesa 
sobre
aquela mulher
que
sequer sabe o que é amor
Chorando
noites seguidas
Despedidas
que os  braços deram
Porque eram amores
intensos
soluços
em  lenços.


Neusa Doretto


6 comentários:

MIRZE disse...

LINDO!

Quase chorei. Lembrei de mim, no tempo que achava que era amada.

Emocionante.

Beijos, lindona!

Mirze

Adriana Karnal disse...

ah, tào lindo...

carla disse...

Muito lindo!

UM dia voltará a se sentir amada

Bom fim de semana e se desejares passa pelo o meu blog ,obrigada

Carla Granja

Ana Paula disse...

curto e profundo ! emociona ...

bjs

Mônica Kikuti disse...

Adorei, Neusa!
Você é uma artista!

Anna Amorim disse...

Toda diferença entre amor e paixão.

Beijo,

Anna Amorim