terça-feira, 2 de outubro de 2018

 A cota subestima o cérebro , a capacidade e o trabalho de cada um.
Princesa Isabel não teve cota. Machado de Assis não teve cota. Ella e Armstrong não tiveram cota.
O brilho e o esforço vai de você.
Eu competi igualmente em todos os concursos públicos e vestibulares. Eu competi igualmente com todas as cores e descendência.
Eu me sentiria um ser de outro planeta se ganhasse uma bolsa por ser homossexual .
Injusto , porque na hora da prova, eu usava a minha cuca , o que eu havia estudado noites a fio.
 A minha sexualidade não resolveria uma tradução ou uma adaptação em francês quando mudei de um colégio particular ( que era mamata na época, para conquistar uma vaga no Carlos Gomes de Campinas.)
As pessoas têm cérebro , senhores , e a sexualidade é a dor e a delícia de ser o que é para quem quer que seja, intimamente. Não é da conta do Estado. O direito a felicidade está na constituição.

Se fosse muito feliz , Freud nem tinha criado a análise.
Gordinho não morria de anorexia.
No entanto , ja disse Mario Quintana que o sorriso mais sincero é do banguelo.
Sem essa de cota , de estimular piedade pela existência. Existir é brio. É SAGRADO. Dispensa cotas e argumentações.
Deus é Um Só.
Somos todos iguais.
Tem que ralar, estudar , conquistar.

Nenhum comentário: